COM O TEMPO UMA IMPRENSA CÍNICA, MERCENÁRIA, DEMAGÓGICA E CORRUPTA, FORMARÁ UM PÚBLICO TÃO VIL COMO ELA MESMO

Joseph Pulitzer

sábado, 17 de dezembro de 2016

Continuam as manifestações de incompetência, incapacidade e desnorte politico infestados de corrupção

Líderes de quatro dos cinco partidos com representação no Parlamento da Guiné-Bissau deslocaram-se ontem para a Nigéria para debater com os Chefes de Estado da África Ocidental a crise política no país.



Domingos Simões Pereira, do Partido Africano da Independência da Guiné e Cabo Verde (PAIGC), Vicente Fernandes, do Partido da Convergência Democrática (PCD), Agnelo Regalla da União para Mudança (UM) e Iaia Djaló, do Partido da Nova Democracia (PND) vão apresentar aos líderes da África Ocidental os motivos da contestação ao novo Governo Bissau-guineense.
O Presidente Bissau-guineense, José Mário Vaz, nomeou o general na reserva Umaro Sissoco Embaló, de 44 anos, Primeiro-ministro e este formou o seu Governo, só que o Executivo é contestado pelos quatro partidos que não o integram.

Estes acusam o chefe do Estado de ter feito um Governo fora dos entendimentos alcançados em Bissau, em Setembro, e Conacri, em Outubro, que visavam formar uma equipa que incluísse todas as forças políticas bissau-guineenses representadas no Parlamento e que fosse liderado por um Primeiro-ministro de consenso.
Os dois acordos foram concluindo sob a mediação da Comunidade Económica de Estados da Africa Ocidental (CEDEAO).

Alpha Condé, que actuou sob o mandato de líderes da organização regional, promete anunciar os resultados da mediação que fez perante os seus homólogos na cimeira de Abuja, capital da Nigéria, amanhã.
Das cinco forças no Parlamento, apenas o Partido da Renovação Social (PRS) integra oficialmente o Governo de Embaló, que conta com figuras dissidentes do PAIGC.

A crise política que se mantêm na Guiné-Bissau, mesmo com a formação do novo, é um dos assuntos a debater na cimeira de líderes da CEDEAO que terá lugar amanhã na cidade nigeriana de Abuja.
O Presidente Mário Vaz deverá viajar na madrugada de amanhã para tomar parte na cimeira onde também vai estar presente Umaro Embaló, que ontem se deslocou para Abuja. 


Sem comentários:

Publicar um comentário