COM O TEMPO UMA IMPRENSA CÍNICA, MERCENÁRIA, DEMAGÓGICA E CORRUPTA, FORMARÁ UM PÚBLICO TÃO VIL COMO ELA MESMO

Joseph Pulitzer

terça-feira, 29 de outubro de 2013

Sindicatos do Ensino Público fazem exigencia alternativa

Sindicatos do Ensino Público exigem pagamento de 6 salários em atraso



 Os sindicatos de professores do ensino público da Guiné-Bissau apresentaram uma proposta ao Governo para que este pague, pelo menos, seis meses de salários em atraso e garantem que depois disso terminam a greve, que já dura há quase um mês. A proposta partiu da comissão de greve do SINAPROF e SINDEPROF e já é do conhecimento do Governo, que ainda não respondeu aos sindicatos. Apesar de reconhecerem que o país atravessa um momento político difícil, os representantes sindicais consideram que o Governo tem de assumir as responsabilidades no pagamento aos servidores do Estado.

(in:nm)

Sem comentários:

Publicar um comentário