COM O TEMPO UMA IMPRENSA CÍNICA, MERCENÁRIA, DEMAGÓGICA E CORRUPTA, FORMARÁ UM PÚBLICO TÃO VIL COMO ELA MESMO

Joseph Pulitzer

segunda-feira, 22 de fevereiro de 2016

PM são-tomense agradece a Cabo Verde apoio na dinamização de cooperação

O primeiro-ministro são-tomense, Patrice Trovoada agradeceu hoje Cabo Verde pelo apoio que este país tem dado a São Tomé e Príncipe no âmbito cooperação triangular Cabo Verde/São Tomé e Príncipe/Luxemburgo.


"Eu tenho que agradecer Cabo Verde que na sua agenda internacional de relações bilaterais tem sempre procurado introduzir o factor São Tomé e Príncipe, como é o caso de Luxemburgo, o que faz com que nós possamos beneficiar de uma cooperação triangular, fruto das excelentes relações entre Cabo Verde e Luxemburgo que irá também beneficiar São Tomé", disse Patrice Trovoada.

"Como vêem existe uma grande proximidade, uma acção integrada fruto da irmandade, da amizade e das relações seculares entre os nossos dois países e povos", acrescentou o primeiro-ministro são-tomense no final do primeiro encontro oficial com o seu homologo cabo-verdiano, que iniciou domingo uma visita de quatro dias a são Tomé e Príncipe.

O governante são-tomense sublinhou que os dois países partilham a mesma visão do desenvolvimento económico.

"Somos países que, no âmbito da diversificação económica, apostamos no turismo, na agricultura e serviços, daí que exista um campo vasto de trocas de experiências, de alinhamento de estratégia e é por isso que nos últimos tempos tem vindo a acontecer uma série de encontros" entre delegações dos dois arquipélagos.

Patrice Trovoada disse "estar consciente" do avanço deste país em domínios com o clima de negócios e das capacidades de formação de recursos humanos, mas agora pretende mas pretende com essa visita "trabalhar no domínio das energias renováveis".

O chefe do executivo cabo-verdiano que foi recebido no palácio do governo são-tomense com honras militares disse ter constatado que "há uma nova vida aqui em São Tomé com o novo governo que partilha com Cabo Verde um conjunto de preocupações que tem a ver com o desenvolvimento dos dois arquipélagos"

"E é precisamente por causa disso que há uma maior aproximação neste momento e estamos a trabalhar nas áreas muito sensíveis de desenvolvimento tais como o sector do turismo, formação profissional e das pescas e isso mostra a grandeza da excelência das relações entre os nossos dois países", disse José Maria Neves.

O primeiro-ministro cabo-verdiano visita esta terça-feira a zona norte do país onde terá encontros marcado com as duas mais importantes comunidades do seu país radicadas em São Tomé e no final da tarde animará uma palestra sobre a "experiência da democracia cabo-verdiana.


Sem comentários:

Publicar um comentário