COM O TEMPO UMA IMPRENSA CÍNICA, MERCENÁRIA, DEMAGÓGICA E CORRUPTA, FORMARÁ UM PÚBLICO TÃO VIL COMO ELA MESMO

Joseph Pulitzer

domingo, 14 de dezembro de 2014

Bissau sem livrarias, acolhe feira do livro

Em Bissau, uma capital onde não há livrarias, a Casa dos Direitos e a editora guineense Ku Si Mon promovem até ao próximo dia 20 de Dezembro a segunda edição da Feira do Livro de Bissau.


Estão à venda aproximadamente 100 obras especializadas em direitos humanos e de literatura africana graças à colaboração de diversas organizações que disponibilizaram títulos recentemente editados para venda.

A disponibilidade de livros na feira, foi possível graças a uma acção de "crowdfunding", ou seja, financiamento colectivo.

Segundo os promotores do evento realizado em Outubro, resultou na recolha de cerca de mil euros.

A Feira do Livro está aberta no Espaço de Memória da Casa dos Direitos, todos os dias úteis, das 09:00 às 17:00 horas.

No mesmo local e horário funciona também um espaço-café.




Sem comentários:

Publicar um comentário