COM O TEMPO UMA IMPRENSA CÍNICA, MERCENÁRIA, DEMAGÓGICA E CORRUPTA, FORMARÁ UM PÚBLICO TÃO VIL COMO ELA MESMO

Joseph Pulitzer

segunda-feira, 15 de dezembro de 2014

Prémio de Tradução Científica e Técnica em Língua Portuguesa

O Prémio de Tradução Científica e Técnica em Língua Portuguesa 2014, atribuído pela Fundação para a Ciência e Tecnologia e pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa, será entregue no próximo dia 17 de Dezembro, na Faculdade de Letras, às 18 horas.


A edição de 2014 distinguiu com o 1º Prémio o tradutor Pedro Galvão, pela tradução da obra Os Métodos da Ética, de Henry Sidgwick, editada pela Fundação Calouste Gulbenkian (2013), e com o 2.º Prémio, exéquo, os tradutores Gonçalo Marcelo e Hugo Barros, pela tradução da obra A simbólica do Mal, de Paul Ricoeur, e João Tiago Proença, pela tradução da obra O Culto Moderno dos Monumentos e outros Ensaios Estéticos, de Alois Riegl, ambas editadas pelas Edições 70 (2013).

Este prémio anual distingue o tradutor de uma obra publicada entre Janeiro e Dezembro do ano anterior à sua atribuição e tem como objectivo promover a língua portuguesa como suporte de comunicação científica e técnica, distinguindo traduções de qualidade que tenham contribuído para o enriquecimento e rigor da terminologia utilizada nessas áreas.

O primeiro prémio tem um valor pecuniário de 5.000 euros sendo que é, ainda, atribuído um segundo prémio no valor de 2.500 euros. As editoras premiadas são distinguidas com um Diploma de Mérito.

Com cerca de 20 anos de existência, o Prémio de Tradução Científica e Técnica em Língua Portuguesa resulta, desde 2013, de um protocolo entre a Fundação para a Ciência e a Tecnologia e a Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Até à edição anterior, o Prémio realizou-se em parceria com a União Latina.
 
 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário