COM O TEMPO UMA IMPRENSA CÍNICA, MERCENÁRIA, DEMAGÓGICA E CORRUPTA, FORMARÁ UM PÚBLICO TÃO VIL COMO ELA MESMO

Joseph Pulitzer

sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

Já é conhecido o programa oficial do VI Encontro de Escritores de Língua Portuguesa

Já se conhece o programa oficial do VI Encontro de Escritores de Língua Portuguesa. O evento organizado pela União das Cidades Capitais de Língua Portuguesa (UCCLP) que se realiza na cidade da Praia, em Cabo Verde, durante os dias 1,2 e 3 de Fevereiro vai contar com a participação de vários escritores oriundos de Angola, Brasil, Cabo Verde, Macau, Moçambique, Portugal, São Tomé e Príncipe e Timor Leste.


Vitor Ramalho, Secretário-Geral da UCCLP, e a Vereadora da Câmara de Praia, Maria Aleluia Andrade, lideraram a cerimónia de apresentação do programa deste ano que vai explorar os temas Diáspora, poesia e insularidade. Vítor Ramalho justificou a escolha destes três temas afirmando que todos são "referências relevantes de todos os nossos países" de língua portuguesa, adicionando ainda que "A literatura é um elemento absolutamente decisivo para a afirmação da identidade dos nossos povos e países e também para a afirmação dos países de língua oficial portuguesa no mundo".

Neste VI Encontro de Escritores de Língua Portuguesa irão participar cerca de 30 escritores oriundos de Angola - Ana Paula Tavares e José Luís Mendonça -, Brasil - João Paulo Cuenca -, Cabo Verde - Abraão Vicente, Germano Almeida e Vera Duarte -, Macau - Ricardo Pinto e Yao Jingming -, Moçambique - Luís Carlos Patraquim -, Portugal - João de Melo, José Fanha, José Luís Peixoto, Miguel Real e Zeca Medeiros -, São Tomé e Príncipe - Alice Goretti Pina - e Timor-Leste - Luís Cardoso (Takas).

Também será revelado o vencedor do Prémio Literário UCCLA. O júri que analisará as obras de mais de 130 escritores é composto por António Carlos Secchin (Brasil), Germano de Almeida (Cabo Verde), Inocência da Mata (São Tomé e Príncipe), Isabel Pires de Lima (Portugal), José Luís Mendonça (Angola), José Pires Laranjeira (Portugal) e José Augusto Bernardes (Portugal, Biblioteca Geral de Coimbra). As candidaturas decorrem até ao dia 31 de Março.

À margem do encontro literário vai ser também organizado o Encontro das Cidades Educadoras, uma iniciativa que procura promover o reforço da cidadania e da actividade cívica em várias cidades caboverdianas. A entrega de capacetes aos Bombeiros Voluntários de Cabo Verde por parte da Câmara de Lisboa e a UCCLA será uma das acções deste Encontro das Cidades Educadoras.
Parte do programa passará pela inauguração da exposição itinerante sobre a Casa dos Estudantes do Império. Esta mostra, intitulada "Farol da Liberdade", já esteve patente em Lisboa e Maputo.
 
 
 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário