COM O TEMPO UMA IMPRENSA CÍNICA, MERCENÁRIA, DEMAGÓGICA E CORRUPTA, FORMARÁ UM PÚBLICO TÃO VIL COMO ELA MESMO

Joseph Pulitzer

terça-feira, 5 de janeiro de 2016

Registo de interesses de Deputados e membros do Governo

Os futuros ministros guineenses apresentarão os seus bens e os das suas esposas antes de serem empossado, decidiu no fim-de-semana o Presidente guineense, Alpha Condé. 


A mesma medida diz respeito igualmente a todos os outros postos de responsabilidade, acrescentou o chefe de Estado guineense durante a assembleia-geral semanal do seu partido, a Mobilização do Povo da Guiné (RPG, Arco-íris).
“Uma vez nomeados, todos estes vão declarar a situação dos seus bens e os das suas mulheres no Tribunal Constitucional. Já não quero que haja um ministro cuja esposa seja uma empresária (….) Deveríamos estar longe (avançados) nos últimos cinco anos se eu conhecesse bem os quadros”, prosseguiu.
O Presidente Condé indicou que a Guiné é um país que progredirá, reiterando que já não haverá impunidade e que “seja qual for o teu militarismo, se desviares fundos públicos, responderá pelos teus actos na justiça”.
 Falando nas instalações da sede nacional do partido, nos arredores de Conakry, na presença dos responsáveis da RPG e dos partidos aliados, Conde pediu aos militantes e simpatizantes para reforçarem cada vez mais o partido.
 
“Muitos quadros já não querem ser responsáveis do partido para se ocuparem
correctamente do partido. Eles querem postos de ministros e de directores-gerais, enquanto, sem o nosso partido, ninguém é nada. Vamos fazer com que o partido seja bem reforçado. Que jovens e mulheres sejam formados. Vamos então criar uma escola dos quadros para a formação dos nossos militantes”, disse.
No âmbito do reforço da RPG, o Presidente disse que todos os membros do partido que estiveram no Governo não serão reconduzidos.
Alpha Conde nomeou recentemente um novo primeiro-ministro, Mamady Youla, de 54 anos de idade, saído do sector privado.
Este último anunciou querer formar uma equipa de 31 ministros chamados a relançar a economia nacional e criar empregos a favor dos jovens.
 
(via: ANG)
.... //// ....
 
OBS. Em Portugal:  O registo de interesses relativo aos Deputados à Assembleia da República e aos membros do Governo, inscrito em formulário próprio, compreende todas as actividades susceptíveis de gerarem incompatibilidades ou impedimentos e, bem assim, quaisquer atos que possam proporcionar proveitos financeiros ou conflitos de interesses.

Nele são mencionadas, designadamente, as actividades comerciais ou empresariais, o exercício de profissão liberal, o desempenho de cargos sociais, ainda que a título gratuito, os apoios ou benefícios financeiros ou materiais recebidos para o exercício das actividades respectivas, as entidades a quem sejam prestados serviços remunerados de qualquer natureza bem como as sociedades em cujo capital o titular, por si, pelo cônjuge ou pelos filhos, disponha de capital. 
 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário