COM O TEMPO UMA IMPRENSA CÍNICA, MERCENÁRIA, DEMAGÓGICA E CORRUPTA, FORMARÁ UM PÚBLICO TÃO VIL COMO ELA MESMO

Joseph Pulitzer

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

Emocionado por estar em Cuba o primeiro-ministro da G-Bissau

Havana, 21 nov - Animado e satisfeito com sua chegada a Cuba Domingos Simões Pereira, primeiro-ministro da República da Guiné-Bissau,  declarou-se quando inicia uma visita oficial a Cuba.


 
"É um sentimento especial que eu sinto para chegar à terra de Fidel "(Castro, líder histórico da Revolução Cubana), disse a jornalistas depois de ser recebido nesta quinta-feira no Aeroporto Internacional José Marti por Ana Teresita Gonzalez Fraga, vice-ministra das Relações Exteriores.

Lembrou-se e reconheceu o apoio da nação caribenha ao seu país durante sua luta pela independência, e mais tarde na formação de quadros.

Enviada para jornalistas em uma mensagem ao povo cubano, o chefe do governo guineense declarou que estava optimista sobre o futuro das relações entre o seu país e Cuba.

"Estou profundamente convencido de que vamos continuar trabalhando juntos como duas pessoas livres e independentes que têm muitas áreas de cooperação no qual trabalhar", disse ele.

O dignitário da nação Oeste Africano e seus companheiros irá cumprir um programa de visitas a locais de interesse e manter contactos com as autoridades cubanas, antes de retornar a seu país, na próxima segunda-feira.

Após 41 anos de relações diplomáticas, a cooperação prestada por Cuba à nação da Guiné-Bissau, um milhão 704 mil habitantes foram nas áreas de saúde e educação, deixando um saldo de cinco mil 436 a alfabetização de adultos até 2012.
Além disso, 520 mil jovens desta nação se formou a partir de diferentes carreiras relacionadas ao ensino superior, saúde e desporto.
 
 


 

Sem comentários:

Publicar um comentário