COM O TEMPO UMA IMPRENSA CÍNICA, MERCENÁRIA, DEMAGÓGICA E CORRUPTA, FORMARÁ UM PÚBLICO TÃO VIL COMO ELA MESMO

Joseph Pulitzer

terça-feira, 26 de abril de 2016

Caboverdiana Elyane Boal recebe “Wild Card” para Jogos Olímpicos Rio`2016

A atleta cabo-verdiana Elyane Boal foi contemplada com um “Wild Card” (convite) da Solidariedade Olímpica, para representar Cabo Verde nos Jogos Olímpicos de Rio’2016, na modalidade de ginástica rítmica desportiva.


A informação foi revelada à Inforpress pelo dirigente da recém-instituída Federação Cabo-verdiana de Ginástica, Luís Nunez, que se mostra emocionado pelo convite para que Cabo Verde possa estar representado na prova de ginástica rítmica no maior evento desportivo do mundo.

Ginasta sénior da Associação Gimnart da Praia, Elyane Boal é campeã Nacional da modalidade, título conquistado em 2015 no 17º Campeonato Nacional de Ginástica Rítmica, realizado na cidade do Mindelo, em São Vicente.

Elyane Boal é treinada por Elena Atmacheva, a grande impulsionadora da ginástica rítmica desportiva em Cabo Verde e conta ainda no seu palmarés com a participação em vários campeonatos internacionais.

Eliyane Boal torna-se na primeira atleta cabo-verdiana a receber o “Wild Card” (convite), para os Jogos Olímpicos do Rio’2016.

Esta será no entanto a terceira participação da Ginástica de Cabo Verde em Jogos Olímpicos. A primeira participação ocorreu em Atenas 2004 e a segunda em Pequim 2008, representada pela ginasta Wânia Monteiro através de “Wild Card”.

Cabo Verde conta neste momento com quatro atletas qualificados para Rio’2016: a atleta de taekwondo, Maria “Zezinha” Andrade, o pugilista Davilson Morais (+ 91 quilogramas) e os paralímpicos Márcio Fernandes (lançamento de dardo) e Gracelino Barbosa (60 metros barreiras).


 

Sem comentários:

Publicar um comentário