COM O TEMPO UMA IMPRENSA CÍNICA, MERCENÁRIA, DEMAGÓGICA E CORRUPTA, FORMARÁ UM PÚBLICO TÃO VIL COMO ELA MESMO

Joseph Pulitzer

segunda-feira, 25 de abril de 2016

Destruídos campos de droga na região da Casamança

O Exército senegalês anunciou, neste domingo, ter destruído campos de droga, cannabis indiana, na Casamança, no sul do país.


Segundo o exército, esta operação provocou escaramuças com os rebeldes que sofreram muitas baixas, indica um comunicado da Direcção Pública das Armas (DIRPA).

O Exército, apoiado pela polícia militarizada, iniciou uma grande operação de destruição de vastas áreas de cultivo e de produção de cannabis (vulgo liamba) indiana, no Departamento de Bignona, próximo da fronteira com a Gâmbia.

"Numerosos campos, com liamba pronto a ser recolhida, foram destruídos.

Todavia, registaram-se também confrontos que se opuseram as forças engajadas na operação com os rebeldes que sofreram pesadas perdas, afirma DIRPA, sem dar pormenores.

No entanto, o exército lamenta o ferimento de um militar e diz continuar a combater, todas formas de tráfico ilícito que é uma verdadeira economia de guerra para todo o país e particularmente nesta zona de Casamança.

Essa região do sul do Senegal é assoada desde 1982 por uma rebelião independentista armada conduzida pelo Movimento das Forças Democráticas da Casamança (MDFC).

Aproveitando-se da insegurança, os traficantes de droga operam na região com a conivência de dos rebeldes.

Desde a eleição do Presidente senegalês Macky Sall em Março de 2012, foram iniciados contactos exploratórios para encontrar uma solução pacífica do conflito da Casamança, sob a égide da comunidade católica de Sant'Egídio.
 
 
 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário