COM O TEMPO UMA IMPRENSA CÍNICA, MERCENÁRIA, DEMAGÓGICA E CORRUPTA, FORMARÁ UM PÚBLICO TÃO VIL COMO ELA MESMO

Joseph Pulitzer

quinta-feira, 21 de abril de 2016

Para combater o crime transnacional ONU abre escritório nas ilhas Bijagós na GBissau

As Nações Unidas inauguraram o quarto escritório regional na Guiné-Bissau, na ilha de Bubaque, para promover o combate ao crime transnacional no arquipélago dos Bijagós.


As Nações Unidas inauguraram hoje o quarto escritório regional na Guiné-Bissau, na ilha de Bubaque, para promover o combate ao crime transnacional no arquipélago dos Bijagós.

A presença no terreno permite "implementar estratégias" e apoiar "reformas da segurança pública, melhoria gradual da gestão de fronteiras e combate à criminalidade transnacional", referiu Miguel Trovoada, representante da ONU em Bissau.

Aquele responsável falava na abertura de uma conferência sobre Segurança Marítima, que decorre até sexta-feira, organizada em parceria com o Governo e que reúne diplomatas e representantes das forças de segurança como forma de assinalar a abertura do espaço.

O escritório vai acolher pessoal do Gabinete Integrado das Nações Unidas para a Consolidação da Paz na Guiné-Bissau (UNIOGBIS) e outras agências da ONU, dando condições técnicas para uma presença mais activa no arquipélago guineense.

Com cerca de 80 ilhas e ilhéus, a zona está referenciada pelas autoridades internacionais como ponto de passagem de tráfico de droga e refúgio de outros tipos de crime organizado transnacional ao longo da última década.

No final dos dois dias de conferência, será produzida uma lista de recomendações a entregar ao Governo guineense para reforçar a autoridade no arquipélago.



Sem comentários:

Publicar um comentário