COM O TEMPO UMA IMPRENSA CÍNICA, MERCENÁRIA, DEMAGÓGICA E CORRUPTA, FORMARÁ UM PÚBLICO TÃO VIL COMO ELA MESMO

Joseph Pulitzer

sábado, 28 de novembro de 2015

Rui Nunes convidado pela UNESCO para criar a unidade portuguesa da Cátedra de Bioética

Rui Nunes foi convidado para criar a unidade portuguesa da UNESCO Chair in Bioethics. Este cargo é de carácter mundial e significa, em concreto, que Rui Nunes fica responsável pela coordenação das actividades no domínio da bioética em Portugal e por extensão nos países lusófonos. Tratando-se de um convite pessoal, Rui Nunes desempenhará as funções na qualidade de Professor Catedrático de Sociologia Médica/Bioética e de Director do Doutoramento em Bioética da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto. Rui Nunes está agora em pleno processo de escolha de um Comité de Apoio (Steering Committee) composto por 5 a 15 pessoas, com abrangência geográfica nacional, que iniciará os trabalhos brevemente.


“O que se espera de nós é que sejamos um agente propulsor do trabalho que tem vindo a ser feito há mais de 20 anos”, explica Rui Nunes, numa referência ao facto de ser o responsável por esta área em Portugal há precisamente duas décadas. “Trata-se agora de fazer um upgrade. Em termos práticos, é a promoção dos direitos humanos e da Bioética, em Portugal e em todo o espaço da Lusofonia, através e com a UNESCO”, afirma Rui Nunes, que é também presidente da Associação Portuguesa de Bioética, cargo para o qual foi eleito em 2002.

Embora a atividade abranja os países da Lusofonia (Portugal, Angola, Brasil, Moçambique, Cabo Verde, Guiné-Bissau, Guiné Equatorial, São Tomé e Príncipe e Timor-Leste), foi a cooperação com o Brasil que lhe deu mais notoriedade, devido ao projecto de bioética que está a desenvolver naquele país. O facto de Rui Nunes ter associado a Universidade do Porto a este cargo tem uma explicação simples: “A nossa Universidade é liderante nesta área há vários anos e sendo um objectivo central criar uma rede mundial, faz todo o sentido que seja aproveitado o trabalho já realizado.”

Um percurso de mérito

Rui Nunes é licenciado em Medicina, doutorado em Medicina/Bioética e professor catedrático de Sociologia Médica/Bioética. Coordenador do Doutoramento em Bioética da Faculdade de Medicina da Universidade do Porto e do Curso de Pós-Graduação em Gestão e Administração Hospitalar, Rui Nunes assume também as funções de presidente da Associação Portuguesa de Bioética, tendo sido administrador da Fundação Ciência e Desenvolvimento e de Diretor da European Health Management Association e da International Society on Priorities in Health Care (Reino Unido), entre outros organismos internacionais.

Foi membro eleito do Conselho Nacional de Ética para as Ciências da Vida (2003/2009) e presidente da Entidade Reguladora da Saúde (2004/2005). Organizador do Congresso Nacional de Bioética em 14 edições, participou ainda em seminários, colóquios e outros eventos e tem publicados mais de 20 livros sobre temas relacionados com a bioética e a saúde, dos quais se destacam as obras “Testamento Vital”, “Gene-Ética” e “Regulação da Saúde”. É ainda autor de centenas de trabalhos, pareceres e comunicações científicas em congressos e seminários, nacionais e estrangeiros.
 
 
 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário