COM O TEMPO UMA IMPRENSA CÍNICA, MERCENÁRIA, DEMAGÓGICA E CORRUPTA, FORMARÁ UM PÚBLICO TÃO VIL COMO ELA MESMO

Joseph Pulitzer

sábado, 21 de novembro de 2015

Universidade Nacional Timor Loro Sae (UNTL)

Os primeiros 2 Mestres de Direito


Na sequência da apresentação das suas Dissertações de Mestrado MARIA ANGELA CARRASCALAO E VICTOR MANUEL DE DEUS MAIA, a UNTL pode orgulhar-se dos seus dois primeiros Mestres em Direito. Maria Angela com 18 valores e Victor Manuel com 17 valores.

Tive o privilegio em assistir a apresentação e defesa da Dissertação da Maria Angela - Timor-Leste e os bens dos particulares em sede de sucessão de Estado - no auditório da UNTL, uma manhã bem animada.

A Dissertação de Victor Maia intitula-se " Conceito orgânico-institucional e a posição jurídico-constitucional do Governo de Timor-Leste”.

Era um Júri de peso: o Magnifico Reitor da UNTL, Prof. Dr. Aurelio Guterres, o Prof. Dr. Francisco Miguel Martins, Vice-Reitor da UNTL, presidindo ao Júri, e dois conceituados Professores de Direito, de Portugal, agindo como vogais arguentes: o Prof. Dr. Jaime Drummond Valle e a Profa. Dra. Marta Chantal Ribeiro.

O arguente Prof. Dr. Drummond Valle não deu tréguas a Maria Angela Carrascalao, arguindo, contrariando, criticando. Maria Angela, sendo Maria Angela, não se deixou intimidar; nem se deu ao luxo de deixar o ilustre catedrático terminar a sua pergunta ou comentário; interrompia-o constantemente.

Pensei para comigo: "Não me parece ser boa política estar a interromper e desafiar tão ilustre arguente...cá por mim eu teria dito...Sr. Prof. Drummond tem toda a razão. Realmente há algumas falhas, fraquezas e brechas na minha dissertação". O Prof. Drummond fazia enorme esforço para se controlar mas parecia não estar a apreciar a "ousadia" da Maria Angela.

Mas afinal a nota dada foi muito boa: 18 valores para a Maria Angela e 17 para Victor Manuel. Parabéns aos dois Mestres de Direito de que Timor-Leste muito se orgulha.

A Faculdade de Direito foi inteiramente apoiada desde a sua fundação há 10 anos por um consórcio de Universidades Portuguesas e durante muitos anos os professores vinham de Portugal, todos muito conceituados, leccionando nas grandes e prestigiosas Universidades Portuguesas.

Mais de 50 Timorenses obtiveram a Licenciatura e 35 estão a fazer o Mestrado.

Uma vez mais...um muito obrigado a Portugal, País verdadeiramente Amigo dos Timorenses.

(Por: José Ramos-Horta)
 
 
 
 

Sem comentários:

Publicar um comentário